Rua do Castelo
Avenida Central
Largo São Francisco
Praça da Republica
Jardim Santa Bárbara
Sé Catedral
Arco da Porta Nova
Rua do Souto
Avenida da Liberdade
Largo do Paço

Uma manhã de passeio fotográfico pelo centro histórico de Braga. Esta é uma cidade que possui uma uma história bi-milenar que se iniciou na Roma Antiga, quando foi fundada em 16 a.C. como Bracara Augusta em homenagem ao imperador romano Augusto (r. 27 a.C.–14 d.C.).

O centro da cidade inclui uma vasta área pedonal, cheia de cafés e esplanadas, lojas e recantos muito bonitos que convidam ao passeio e à fotografia. Largos, Praças, Avenidas, Ruas e Jardins, a vida dentro delas e a primavera em flor.

O meu passeio começou no Largo Barão de São Martinho, onde se situa o famoso café A Brasileira, seguindo a Rua do Castelo e os seus arcos até ao Largo de São Francisco. Na Praça da Republica “moram” os famosos Café Vianna e Astória. É nesta praça com ligação à Avenida Central que as noites de Verão se enchem de música e vida. Desci depois a Avenida da Liberdade, a mais importante avenida da cidade e uma fotografia em frente ao Theatro Circo, a sala de espectáculos da cidade, inaugurado em 1915, não podia faltar! Subi a Avenida de regresso ao Largo Barão de São Martinho, desta vez para descer a Rua do Souto, a rua do comércio tradicional e decidi fazer a pausa para um café ao lado do Jardim de Santa Bárbara, o jardim das flores e um dos mais bonitos do país. Depois do repouso, desci a Rua do Souto até à Sé sem antes deixar de parar no Largo do Paço, largo onde, por exemplo, os estudantes universitários fazem a serenata em época de Enterro da Gata. No centro do largo, está o Chafariz dos Castelos de 1723. A Sé foi um dos últimos pontos de paragem. A Sé Catedral de Braga, monumento nacional, é um dos pontos turísticos de referência! O passeio terminou no Arco da Porta Nova, uma das portas da antiga muralha da cidade. A expressão “És de Braga?” vem deste monumento, visto os bracarenses serem conhecidos por deixarem a porta aberta!

Aconselho a visita à cidade de Braga, não só ao centro, mas também!

Deixe uma resposta