A fotografia é o que me faz ver, é o que me torna vivo neste mundo de luz…

Ainda ontem era um miúdo a dar os primeiros passos, a ver as coisas pela primeira vez. Em 1992, tenho a minha primeira experiência fotográfica em plenos Jogos Olímpicos de Barcelona. Nessa altura, nunca imaginei que a fotografia fosse desempenhar um papel tão importante na minha vida. Antes da fotografia, surgiu a música, depois a escrita e só mais tarde, comecei a tentar escrever com luz. No ano de dois mil e cinco, deixei a Licenciatura de Informática de Gestão na Universidade do Minho para trás. Comecei a trabalhar na área, mas em 2007 resolvi mudar de vida e seguir os sonhos. Entre 2007 e 2009 fiz o Curso Profissional de Fotografia no Instituto Português de Fotografia (IPF Porto) e desde então, tornei-me profissional e 100% fotografia.

Em 2008 comecei a trabalhar com a Olympus, sendo promotor de várias câmaras da marca e comecei a fotografar para a empresa 3D Cities. Em 2009 iniciei a experiência de dar aulas, sendo professor assistente no IPF Porto, nas disciplinas de Estúdio, Grandes Formatos e Laboratório Digital. Nesse mesmo ano, comecei a colaborar com o Estaleiro Cultural Velha-a-Branca em Braga, dando formação em várias áreas da fotografia até ao presente. 2010 foi o ano que marcou o início do projeto Academia Olhares e a minha colaboração com o site Olhares.com

Em 2012 fui convidado a colaborar com a FotoAdrenalina, fazendo viagens fotográficas para Barcelona (Espanha), Cinque Terre e Roma (Itália). Em 2013 inicia-se a colaboração com a empresa Borealis On Trekking, com expedições fotográficas ao Parque Nacional Peneda do Gerês, e também às Ilhas Ciès em Espanha.

2015 foi um ano de mudança, deixando para trás cinco anos de Olhares.com, continuando contudo a colaborar com o site, sendo Curador e aventurando-me a construir outras histórias. Desse modo comecei a fotografar para a revista Villas&Golfe Europa, Angola e Moçambique.